Neutros de Carbono

A linguagem dos envelopes

Os envelopes falam

"Abre-me!" e "Responde!" são duas palavras mágicas que criativos e profissionais de Marketing tentam que digam os seus envelopes de envio ou de resposta.

Não fica aí o vocabulário dos envelopes, porque no envelope tudo fala.

  • O papel fala de que é feito.
  • Fala o formato, as dobras e as palas.
  • Fala (m) a (s) janela (s).
  • Falam o seu exterior e o seu interior; a sua frente e o seu verso.
  • Falam as suas cores, as suas tintas e também os que não as têm.
  • Fala o seu gomado.
  • Os envelopes falam uma linguagem administrativa, de normas e tarifas postais dos correios.

E falam também - ou podem ter que falar - uma linguagem muito técnica, a das envelopadoras; não falar essa linguagem impediria de passar o controlo dos sistemas de envio mecanizados.

Mais informação: A linguagem dos envelopes

Índice de: Envelopes, Todo Um Mundo

Envelopes, Todo Um Mundo

Associações nacionais e internacionais, através dos seus organismos, publicações e congressos, são testemunhas da realidade e da evolução do mundo do envelope e dos seus fabricantes.

[Continúa]